pt-pt
PORTUGUÊS
en
ENGLISH

Herdade

Ribafreixo Wines – Herdade do Moinho Branco

Cada lugar tem as suas particularidades. Mas a determinação de com ele realizar algo importante aliada ao necessário saber fazer, conferem a essa terra, características únicas.

A vontade molda o território. Ao ponto de o reinventar. Sabendo isso, a Ribafreixo Wines, tem vindo a desenhar, desde Setembro de 2007, a Herdade do Moinho Branco, às portas da vila da Vidigueira. Os seus 114 ha hectares resultam da soma de um conjunto de parcelas de terrenos agrícolas abandonados, consequência do contínuo despovoamento da região e da redução da rentabilidade agrícola. A designação Moinho Branco conserva o nome pelo qual era conhecido junto da população o edifício onde – aproveitando a existência de uma ribeira -, noutros tempos, ela se deslocava para fazer a moagem dos cereais por si produzidos.O moinho ainda lá está.

A intervenção dos novos proprietários transformou, entretanto, em terras férteis os 114 ha hectares de vinha, o que antes era um horizonte degradado e abandonado. Um trabalho árduo, resultante da vontade de ali produzir vinhos de grande qualidade para os vender no mercado externo. Mais concretamente, vinhos brancos.

 A Herdade do Moinho Branco tem, por isso, uma prevalência de encepamentos de castas brancas. Eles representam 60% do total, numa propriedade localizada mesmo junto à estrada nacional IP2 que liga Évora a Beja, no coração da Região Demarcada de Vidigueira, uma região predominantemente de vinhos brancos. Importa sublinhar que a Vidigueira sempre foi conhecida pela qualidade dos seus brancos. Uma especificidade conseguida graças à sua envolvência com a Serra do Mendro a norte, a qual cria um microclima nesta região e nesta propriedade, devido ao corredor natural criado pela Serra que conduz os ventos frescos do Atlântico até á Vidigueira, tornando as noites muito frias em comparação aos dias quentes, diferencial térmico muito apreciado pelas castas brancas, conferindo-lhe a maior frescura ali sentida. A elevação natural condiciona e ameniza as temperaturas especialmente altas sentidas nos verões do Baixo Alentejo, contribuindo ainda para uma precipitação mais elevada. Esse é que funciona como o grande elemento diferenciador da Vidigueira. Mas a rega não deixa de ser imprescindível na vitalidade das castas brancas. Na herdade, predomina a casta Antão Vaz, seguida pelo Arinto, Verdelho, Síria e Alvarinho. Existe ainda uma pequena parcela de vinha -sendo esta única em Portugal- dedicada excecionalmente ao Chenin Blanc,  casta originária do Vale du Loire e bastante usada na África do Sul ,assim como em Napa Valley. A área remanescente acolhe castas tintas, com predominância do Alicante Bouschet, Touriga Nacional, Alfrocheiro, Tinta Miuda e do Aragonez.

O Nosso Saber
O cantinho do chef
Próximos eventos